Internacional

Grupos de apoiantes de Trump estarão a planear protestos armados nos 50 estados dos EUA

FBI recebeu informações sobre um grupo que quer invadir tribunais estaduais e federais, e ainda prédios administrativos, se Donald Trump for destituído do cargo antes de Joe Biden tomar posse nos EUA.

A oito dias de Joe Biden se tomar posse como Presidente dos Estados Unidos, as autoridades federais norte-americanas já recolheram várias informações sobre protestos armados que estarão a ser planeados nas 50 capitais estaduais, incluindo um novos assalto ao Capitólio, por vários grupos de apoiantes de Donald Trump.

Estas ameaças foram aparecendo após os democratas apresentarem o pedido de impeachment ao presidente cessante, o segundo que recebe durante o seu mandato.

De acordo com o boletim do FBI obtido pela ABC News, há um grupo que quer invadir, desta vez, os tribunais estaduais, locais e federais, e ainda prédios administrativos, caso o Trump seja destituído do cargo da Presidência antes do dia da tomada de posse de Joe Biden.

O FBI diz ter também conhecimento de outro grupo que está a planear o “assalto” aos escritórios do Governo em todos os estados no dia em que o Presidente eleito, Joe Biden, irá formalmente assumir a Presidência dos EUA.

“O FBI recebeu informações sobre um grupo armado identificado que pretendia viajar para Washington, DC em 16 de janeiro”, diz o boletim. “Se o Congresso tentar remover o POTUS por meio da 25ª Emenda, uma enorme revolta ocorrerá”, avisam os grupos de apoiantes de Trump.

Segundo a ABC News, as autoridades policiais já foram aconselhadas pelo FBI a aumentar o controlo e a rigidez da segurança em todas as câmaras estatuais do país.