Internacional

Nevão em Madrid causa prejuízos de cerca de 1.400 milhões de euros

No espaço de 30 horas, caíram 1.250.000 quilogramas de neve na capital espanhola. Os prejuízos chegam perto dos 1.400 milhões de euros.


O município de Madrid vai pedir ao Governo central espanhol que declare a capital como zona de catástrofe após o nevão causado pela tempestade Filomena. De acordo com o presidente da Câmara, José Luis Martínez-Almeida, o nevão causou prejuízos na cidade de cerca de 1.400 milhões de euros, em danos causados à atividade económica e em danos materiais.

Em conferência de imprensa, Martínez-Almeida pediu ainda ao Governo "para responder o mais rapidamente possível", de forma a "aliviar a situação". Também a Comunidade de Madrid e o Governo regional fizeram apelos no mesmo sentido.

Segundo a autarquia, o nevão causou danos no valor de pelo menos 400 milhões de euros em infraestruturas municipais e nos serviços públicos, e, caso o pedido seja negado, estará "numa situação muito complicada e difícil". No total, estima-se que os prejuízos tenham atingido os 1.398 milhões de euros.

No espaço de 30 horas, caíram 1.250.000 quilogramas de neve na capital espanhola: o equivalente a 23,2 milhões de metros cúbidos. "Para termos um exemplo gráfico, se colocássemos uma fila de camiões com 40.000 quilos de neve em cada um, a fila iria de Madrid até Bruxelas", afirmou Martínez-Almeida, citado pelo jornal espanhol El Confidencial.