Sociedade

Portugal prolonga restrições aos voos de fora da UE até final de janeiro

Os voos para países da União Europeia e do Espaço Schengen continua a ser autorizado.

Portugal prorrogou até ao final do mês de janeiro as restrições ao tráfego aéreo de fora da União Europeia e do Espaço Schengen, que, assim, vai continuar limitado a "viagens essenciais" e sujeito a teste prévio negativo à covid-19.

O despacho, já publicado em Diário da República, dá conta de que as medidas que vigoravam inicialmente até final de dezembro passado vão estender-se até ao final do mês de janeiro, além de prever que o documento possa ser revisto "em qualquer altura, em função da evolução da situação epidemiológica".

O Governo sublinha que se mantém "a necessidade de prorrogação das medidas restritivas do tráfego aéreo, devidamente alinhadas com as preocupações de saúde pública do momento atual", refere o Governo.

O tráfego aéreo com destino e a partir de Portugal continental de todos os voos de e para os países que integram a União Europeia vai continuar autorizado, assim como dos países associados ao Espaço Schengen (Liechtenstein, Noruega, Islândia e Suíça).