Sociedade

Portugal com o maior número de mortes e internados por covid-19

Morreram mais 159 pessoas devido à covid-19. Há 4.560 doentes internados, 622 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos.

Portugal voltou a atingir um número máximo de mortes associadas à covid-19: morreram 159 pessoas nas últimas 24 horas. Foram também registados 10.663 novos casos, menos 35 do que o recorde reportado ontem, sendo assim, de acordo com o mais recente boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS), este é o segundo dia com maior número de contágios desde o início da pandemia.

O número de infetados hospitalizados também atingiu valores máximos pelo segundo dia consecutivo: são 4.560 doentes internados, mais 192 do que ontem. Nos cuidados intensivos encontram-se agora 622 pessoas, mais 11.

Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região mais afetada pela pandemia com 4.280 novas infeções. Segue-se o Norte com mais 3.295 e o Centro com 2.041. No Algarve e Alentejo registaram-se 328 e 577 infeções, respetivamente. No arquipélago da Madeira há mais 93 infetados e no dos Açores mais 49.

Em relação ao número de mortes, também a maioria ocorreu na região de Lisboa e Vale do Tejo (65). No Norte morreram 35 pessoas, no Centro 34, no Alentejo 15 e no Algarve 10. As regiões autónomas não registaram qualquer morte. Com os dados desta sexta-feira, Portugal totaliza 8.543 óbitos relacionados com a covid-19.

Entre as 00h e as 23h59 de quinta-feira, 6.458 pessoas recuperaram da doença, aumentando o total de recuperados para 394.065. Permanecem em vigilância 142.740 contactos, mais 3.748 do que ontem.

Desde o início da pandemia, as autoridades portuguesas já registaram 528.469 casos do novo coronavírus, 125.861 dos quais permanecem ativos.

Consulte aqui o boletim na íntegra.