Sociedade

Foram as piores 24 horas da covid-19 em Portugal

Quarto dia consecutivo com mais de 10 mil novos casos e o segundo recorde seguido de óbitos associados à doença. Boletim da DGS dá conta de mais 10.947 contágios e 166 mortes.

A atualização dos dados da covid-19 no país, divulgada este sábado pela DGS, revela que já morreram 8.709 infetados em Portugal, 166 destes óbitos ocorreram nas últimas 24 horas.

O país soma agora 539.416 diagnósticos confirmados, desde 2 de março, mais 10.947 do que no boletim de ontem.

A região de Lisboa e Vale do Tejo é a que concentra maior número de novas infeções, tendo registado mais 3.975 contágios. Segue-se o Norte com mais 3.795 casos, o Centro com 2.136, o Alentejo com 510 e o Algarve com 402. A Madeira confirmou mais 79 diagnósticos de covid-19 e os Açores mais 50.

Em relação à distribuição geográfica dos óbitos, foi também em Lisboa e Vale do Tejo que ocorreram a maior parte das mortes, 69. No Norte morreram 46 infetados, no Centro 28, no Alentejo 17 e no Algarve cinco. Na Madeira morreu também uma pessoa.

O número de internados continua a aumentar substancialmente, estando agora hospitalizados 4.653 doentes covid, mais 93 do que ontem. Nos cuidados intensivos encontram-se 638 pessoas, mais 16 do que nos dados anteriores.

Por outro lado, o número de recuperados também deu um grande salto, mais 8.477 pessoas deixaram de ter o vírus ativo elevando o total para 402.542 

Atualmente, há 128.165 casos ativos e as autoridades de saúde têm sob vigilância 155.401 contactos.

Consulte o boletim na íntegra.