Desporto

Barcelona vai recorrer do castigo de Leonel Messi

O clube espanhol considera o castigo pesado, assinalando que Messi nunca tinha sido expulso em Espanha e que o argentino viu o cartão vermelho durante uma jogada de ataque e já no final do encontro.


Após a suspensão de Messi por dois jogos, esta terça-feira, o Barcelona decidiu, horas depois, recorrer da decisão anunciada pelo Comité de Disciplina da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF).

A RFEF considerou que o ato de Messi não foi uma agressão, mas sim um ato violento, devido à tensão do momento no jogo. A punição poderia chegar aos 12 jogos, mas o Comité escolheu apenas duas partidas como castigo.

Mesmo assim, o clube espanhol considera o castigo pesado, assinalando que Messi nunca tinha sido expulso em Espanha e que o argentino viu o cartão vermelho durante uma jogada de ataque e já no final do encontro.

A decisão em causa deve-se à expulsão do jogador argentino na partida contra o Athletic Bilbao, na final da Supertaça, por agredir o adversário Asir Villalibre, uma atitude que foi chamada à atenção pelo VAR.