Internacional

Equipa de resgate em "lágrimas" depois de encontrar 30 cães vítimas de maus-tratos "irreconhecíveis"

Caso aconteceu em Inglaterra. 

Uma equipa de resgate de uma das maiores associações britânicas de bem-estar animal ficou horrorizada depois de encontrar dezenas de cães abandonados num canil, cobertos pelas próprias fezes.

Em declarações à imprensa internacional, a Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals – RSPCA - contou que os animais estavam irreconhecíveis e que alguns tiveram de cortar todo o pêlo devido ao mau estado em que se encontrava. A equipa da RSPCA encontrou 30 cães, entre dachshunds, yorkshire terriers, toy Poodles e pastores-alemães, num canil perto de Skegness, em Lincolnshire, Inglaterra, depois de uma denúncia. O proprietário dos animais concordou em entregá-los e estes foram imediatamente assistidos por uma equipa veterinária.

A camada criada pelas fezes que se acumularam no pêlo nos animais acabou por causar problemas de pele em alguns dos cães e muitos tinham também dificuldades em alimentar-se corretamente devido aos muitos problemas dentários. 

 “Obviamente, os cães foram negligenciados por um período significativo de tempo, exigindo que o pêlo fosse completamente raspado. Eles estavam irreconhecíveis quanto às suas raças”, disse Ella Carpenter, da ESPCA.

“Uma cadela estava em tal estado que tinha pus a escorrer da boca. Foi tão perturbador de ver que levou a equipa de resgate às lágrimas”, acrescentou.

Os animais irão continuar em tratamento e reabilitação nas próximas semanas e só depois serão realojados.