Sociedade

Metro de Lisboa passa a funcionar com horário do verão nas Linhas Azul e Amarela a partir de segunda-feira

Já as linhas Vermelha e Verde continuarão a funcionar a 100%, sem alterar a capacidade máxima disponível nem a oferta nos dias úteis, porém, “o serviço nestas linhas” poderá ser mudado “em função dos níveis de procura que se vierem a verificar”, explica o Metropolitano de Lisboa. 

O recolhimento domiciliar obrigatório que vigorará até ao dia 30 janeiro levou o Metropolitano de Lisboa a alterar a oferta de transportes durante o confinamento a partir da próxima segunda-feira.

“Considerando os atuais níveis de procura, a partir de 25 de janeiro procederá a ajustamentos na sua oferta de transporte implementando o horário de Verão nas linhas Azul e Amarela”, avisa o Metropolitano de Lisboa no comunicado.

O objetivo será “manter o limite máximo de 2/3 da capacidade permitida em cada comboio”.

Já as linhas Vermelha e Verde continuarão a funcionar a 100%, sem alterar a capacidade máxima disponível nem a oferta nos dias úteis, porém, “o serviço nestas linhas” poderá ser mudado “em função dos níveis de procura que se vierem a verificar”, explica.

A empresa de transportes suburbanos vai manter a redução “já anunciada de 6 para 3 carruagens em cada comboio, mantendo os intervalos e os horários atualmente em vigor em todas as linhas” nos fins de semana e feriados.

Na próxima segunda-feira, os postos de venda e de atendimento ao cliente que permanecerão abertos são os seguintes: “Postos de venda: Jardim Zoológico, Marquês de Pombal, Campo Grande, Cais do Sodré e Oriente; Postos Lisboa Viva Urgente: Marquês de Pombal; Espaços Cliente: Campo Grande; Espaço Navegante: Entre Campos”.

O Metropolitano de Lisboa estará atenta à reavaliação destas medidas consoante a evolução da situação pandémica, “adotando as medidas que, a cada momento, se vierem a considerar necessárias para garantir as melhores condições de segurança e de saúde pública”, esclarece.