Vida

Keira Knightley revela a sua nova regra sobre cenas de sexo

Atriz falou abertamente sobre a nudez no cinema. 


Keira Knightley tem sido uma das vozes mais ativas do feminismo no mundo do cinema. Recentemente, numa entrevista com a realizadora Lulu Wang e a produtora e escritora Diane Solway, para o podcast Chanel Connects, a atriz confessou que decidiu que não vai aceitar despir-se em filmes realizados por homens.

"Não quero entrar naquelas cenas de sexo em que estamos cobertas de óleo e está toda a gente a grunhir. Não estou interessada em fazer isso", contou, admitindo que se sente muito desconfortável com o olhar masculino em relação às cenas de sexo.

"Fico muito desconfortável em representar esse fetiche masculino", confessou.

"Se estivesse a contar uma história sobre o caminho para a maternidade e a aceitação do corpo –  e peço desculpa, mas teria de ser uma mulher a filmá-la – não poria completamente de parte [as cenas de nudez], mas acho que, com homens, não o faria", acrescentou.

De realçar que Keira Knightley acrescentou, a partir de 2015, uma cláusula sobre nudez aos seus contratos. A atriz explicou que a "vaidade" pesou na decisão. "Há vezes em que penso ‘Ok, eu consigo perceber perfeitamente que o sexo tem de ser bom neste filme e que basicamente [o realizador] precisa de alguém giro’. Por isso prefiro que chamem outra pessoa porque tornei-me demasiado vaidosa, este corpo já produziu duas crianças e agora prefiro não ter de estar nua em frente a um grupo de homens," rematou.