Sociedade

Portugal regista novo máximo diário de mortes e supera as 11 mil vítimas mortais por covid-19

Só em Lisboa e Vale do Tejo ocorreram 145 dos 291 óbitos. Esta foi também a região onde se registaram mais de metade dos novos casos. Por outro lado, o país atingiu um novo máximo de recuperados: Foram mais de 13 mil nas últimas 24 horas.

No dia em que registou um novo máximo diário de óbitos por covid-19, Portugal superou também a barreira das 11 mil vítimas mortais associadas à doença. De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) desta terça-feira, nas últimas 24 horas morreram mais 291 pessoas devido à covid-19, aumentando para 11.012 o total de infetados que não conseguiram resistir à doença. 

O boletim desta terça-feira revela ainda que foram diagnosticados mais 10.765 novos casos, elevando o total acumulado de infeções no país, desde o início da pandemia, para 653.878.

Lisboa e Vale do Tejo voltou a concentrar o maior número de vítimas mortais da covid-19, com praticamente metade do total de óbitos das últimas 24 horas – morreram 145 pessoas nesta região. Segue-se o Norte, com 68 óbitos, o Centro, com 55, o Alentejo, com 15, e o Algarve, com seis. No arquipélago da Madeira ocorreu uma morte e no dos Açores também.

À semelhança dos óbitos, a maior parte das novas infeções (54%) também foram diagnosticadas em Lisboa e Vale do Tejo, com 5.785 novos contágios. Segue-se o Norte, com 2.893 novos casos, o Centro, com 1.407, o Alentejo, com 339, e o Algarve, que regista mais 203 infetados. Na Madeira foram identificadas mais 114 infeções e nos Açores mais 24.

O número de internados continua a aumentar e a atingir valores recorde. Há agora 6.472 doentes internados nos hospitais portugueses devido à covid-19, mais 52 do que ontem. Por outro lado, diminuíram os doentes em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), algo que não acontecia desde o início do mês – são agora 765, menos dois do que no último balanço.

De realçar que nas últimas 24 horas mais 13.728 pessoas recuperaram da doença, um novo máximo diário que eleva o total de recuperados para 475.485. Este número influencia ainda o número de casos ativos da doença, que acabou por descer. Há agora 167.381 pessoas infetadas com a covid-19 em Portugal, menos 3.254 do que ontem.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 215.770 contactos.

Consulte aqui o boletim na íntegra.