Vida

Viagem de Cristiano Ronaldo para celebrar aniversário de Georgina poderá valer-lhe multa

O internacional português quebrou as regras de recolhimento impostas em Itália, para fazer uma viagem com a namorada Georgina Rodríguez, e poderá enfrentar uma multa.

A agência noticiosa italiana ANSA revelou que a polícia da região transalpina de Aosta está a investigar a viagem de Cristiano Ronaldo e a namorada à região, num momento em que o país proibiu as viagens entre concelhos, pelo menos até 15 de fevereiro, e em que a região em questão é considerada de médio a alto risco, pelo que não são permitidas viagens entre concelhos.

As exceções passam por razões de trabalho, emergência ou em caso de haver uma segunda habitação.

Cristiano Ronaldo não foi convocado para o jogo da Juventus frente ao SPAL, e terá aproveitado para realizar uma viagem com a namorada Georgina, que estaria a celebrar o seu aniversário.

A viagem levantou polémica, e já instauruou uma investigação policial que, avança a ANSA, poderá custar ao internacional português e à sua namorada uma multa.