Economia

BdP. Confinamento provocou "deterioração marcada"

Banco de Portugal lançou um novo indicador que vai permitir identificar de forma mais fácil as alterações abruptas na atividade económica.

A economia portuguesa continua a sofrer com a pandemia de covid-19, motivo que levou o Banco de Portugal a lançar um novo indicador que vai permitir identificar de forma mais fácil as alterações abruptas na atividade económica.

O novo indicador será divulgado todas as quintas-feiras, sendo que o desta semana revela que o confinamento provocou uma “deterioração marcada” na última semana.

“As disrupções causadas pela pandemia da Covid-19 na economia global tornaram premente recorrer a dados de alta frequência para captar os desenvolvimentos económicos de muito curto prazo. Neste contexto e para dotar o público de mais um instrumento de acompanhamento da economia portuguesa, o Banco de Portugal lança hoje um indicador diário de atividade económica (DEI)”, revela a instituição liderada por Mário Centeno.

Ainda segundo o Banco de Portugal, o DEI tem como objetivo sumariar “um conjunto de informação de natureza quantitativa e frequência diária”, nomeadamente o tráfego rodoviário de veículos comerciais pesados nas autoestradas, consumo de eletricidade e de gás natural, carga e correio desembarcados nos aeroportos nacionais e compras efetuadas com cartões em Portugal por residentes e não residentes.