Vinagrete

O mitómano

Só se houver agora muitos americanos bastante loucos é que alguma vez voltará ali, como Presidente. Apesar da sua inquietação em arranjar advogados novos, que aceitem basear o seu caso nas fraudes eleitorais.


Por Pedro d'Anunciação

Donald Trump é efectivamente um mitómano, como mostrou mais uma vez, há dias, na despedida da Casa Branca – com a ajuda da voz de Frank Sinatra (parece que teve dificuldades em arranjar uma voz viva), numa canção demasiado conhecida.

Só se houver agora muitos americanos bastante loucos é que alguma vez voltará ali, como Presidente. Apesar da sua inquietação em arranjar advogados novos, que aceitem basear o seu caso nas fraudes eleitorais. Esperemos que estes extremismos tenham sido só uma moda passageira: nos EUA, no Brasil e noutros sítios. Portugal funcionou já como um belo exemplo – apesar de os próprios estarem a vender com algum sucesso o seu 3º lugar quase como uma vitória.

Mesmo de Biden seja mais duro com os estrangeiro do que Trump era na realidade.