Sociedade

Ministra admite dificuldades no plano de vacinação

Marta Temido recusa no entanto a ideia de falhas.

A ministra da Saúde reconheceu, esta quinta-feira, que o plano de vacinação contra a covid-19 tem dificuldades na sua implementação, mas fez questão de acrescentar que a revisão das regras do processo está a avançar.

"A revisão das regras que demonstram a necessidade de serem mais pormenorizadas, para que haja menos aleatoriedade [na vacinação], é uma realidade e está a ser feita", afirmou Marta Temido, em declarações aos jornalistas em Coimbra.

A governante rejeitou, no entanto, a ideia de falhas ao plano, sublinhando que "não se pode confundir situações de abuso com a sua gestão, execução e qualidade".

A mesma ideia já tinha sido vincada pelo primeiro-ministro que, ainda esta manhã disse: "Não podemos, a partir de um fruto podre, diminuir o que é uma operação de grande sucesso".