Sociedade

Há "cerca de 3,6 pessoas vacinadas por 100 habitantes", revela Marta Temido

Para a ministra da Saúde, “a principal dificuldade" para o futuro é "ainda o número escasso de vacinas". 


Na visita ao Hospital Cuf Tejo, esta sexta-feira, a ministra da Saúde, Marta Temido, revelou que Portugal tem reforçado a união entre “os vários atores do sistema de saúde português” desde o começo da pandemia de covid-19 e que agora já trabalham “ombro a ombro”.

"Há muitas lições que, certamente, vão sair desta pandemia e a necessidade de continuarmos a trabalhar ombro a ombro é seguramente uma delas", salientou Marta Temido, que ainda explicou que "se não tivesse sido a nossa capacidade conjunta de falarmos, de nos organizarmos, de construirmos pontes, certamente não teríamos conseguido responder a muitos doentes, a muitas famílias".

Neste momento, a ministra da Saúde afirmou que Portugal já tem “cerca de 378 mil vacinas já inoculadas” e “além de 100 mil profissionais de SNS vacinados”, há também "as vacinações que se iniciam e que esperamos acelerar nos vários parceiros e atores do SNS”. 

Segundo dados recentes, o país já tem “cerca de 3,6 pessoas vacinadas por 100 habitantes”, assinalou a ministra da Saúde, que confessou querer fazer crescer este número. “Portugal tem hoje 3,6 pessoas vacinadas por 100 habitantes, um número que queremos fazer crescer mas isso depende da disponibilidade de vacinas e da melhor capacidade de organização do processo para o acelerar”, admitiu.

Em relação aos desafios que se aproximam, Marta Temido evidenciou “a disponibilidade de vacinas” e bem como uma melhoria na "ação”, admitindo que “a principal dificuldade é ainda o número escasso de vacinas para as pessoas que queremos vacinar".

De acordo com os dados recentes da Our Data in World, realizado pela Universidade de Oxford, até ao dia 4 de fevereiro, Portugal já administrou a vacina a 3,57 pessoas por 100 habitantes, corroborando assim a declaração de Marta Temido. De momento, a percentagem acumulada de pessoas vacinas contra a covid-19 em 100 habitantes mostra que apenas 1,53% do mundo foi vacinado com pelo menos uma dose.