Desporto

Inglaterra. United e City – ambos procuram a liderança

O Manchester United de Bruno Fernandes enfrenta o Everton na luta por diminuir distância com o Manchester City, que vai a Liverpool enfrentar os reds.

Mais uma jornada, mais uma série de jogos renhidos na Premier League. Depois dos deslizes com o Arsenal (0-0) e o Sheffield United (0-1), o Manchester United de Bruno Fernandes recebeu o Southampton e viu o internacional português marcar um dos nove, repita-se, nove golos da partida, todos do lado dos red devils. Foi um massacre em Old Trafford, com a equipa da casa a bater por nove a zero o Southampton, que acabou a partida com apenas nove jogadores em campo. Houve de tudo nesta jornada: golos, penáltis, expulsões e até um autogolo.

No sábado, os red devils voltam ao ataque, desta vez frente ao Everton, e têm a grande vantagem de poder contar com praticamente todo o plantel disponível, esperando Ole Gunnar Solskjær poder incluir Luke Shaw e Edinson Cavani, bem como o internacional Bruno Fernandes, que conta já com 12 golos nesta temporada da Premier League.

Em mente há só um objetivo: aproximar-se dos rivais do Manchester City e retomar a liderança do campeonato.

Mas o Everton não vai querer facilitar a vida aos red devils. A equipa onde milita o ex-Benfica André Gomes acumula até agora 36 pontos na Premier League e está tão-só a dois de distância de entrar nos lugares da liga que dão acesso à Europa. É certo, no entanto, que os últimos resultados da equipa são, no mínimo, erráticos. Apesar da vitória frente ao Leeds United na última jornada, os toffees sofreram uma derrota em casa com o Newcastle e empataram a uma bola com o Leicester City. O ponto positivo nas mais recentes partidas da equipa está na vitória aquando da visita ao Wolverhampton de Nuno Espírito Santo, por duas bolas a uma.

Recorde-se que o histórico entre Manchester United e Everton favorece os red devils, que venceram quatro das últimas oito partidas frente ao Everton, a mais recente delas em novembro do ano passado, na condição de visitantes, por três bolas a uma.

 

O topo é solitário

O Manchester City, onde jogam Rúben Dias, Bernardo Silva e João Cancelo, por sua vez, lidera a tabela da Premier League com 47 pontos, mais três que os rivais do United, e um jogo a menos. No domingo, os citizens viajam até Liverpool para enfrentarem os reds e fazerem por manter a liderança.

Os líderes da tabela podem gabar-se das nove vitórias seguidas que contam na liga, e o Liverpool de Jürgen Klopp, que também já esteve no lugar principal da tabela, não parece ter ainda conseguido recuperar a sua forma, após a derrota na última jornada, em casa, frente ao Brighton, por uma bola a zero.

No domingo, Manchester City e Liverpool enfrentam-se em Anfield Road e os citizens vão apontar para a décima vitória seguida na liga. Já os reds procuram redenção e voltar a traçar o caminho para o topo da tabela.