Desporto

SC Braga e FC Porto empatam nos descontos

A partida ficou marcada pela expulsão de Corona, após segundo cartão amarelo, e pelo golo tardio de Gaitán.


O jogo no estádio do Sporting de Braga arrancou com energia dos dois lados, e logo aos 5 minutos Tecatito Corona viu o primeiro cartão amarelo da noite, após entrada sobre Raúl Silva.

Aos 23 minutos, foi mesmo o técnico portista que viu a cartolina amarela, após queixas sobre um lance que envolveu também Corona, e deixou o internacional mexicano em dificuldades.

As faltas assinaladas não ficaram por aí, e aos 34 minutos, após análise do VAR, o lance entre Marega e Tormena resultou num cartão amarelo para o jogador do Braga, e numa grande penalidade para o FC Porto, que Sérgio Oliveira bateu, inaugurando o marcador na Pedreira.

Na segunda parte, foram precisos só nove minutos para o FC Porto aumentar a vantagem no marcador. O internacional iraniano Taremi aproveitou a jogada de Corona e fez o dois a zero.

Aos 60 minutos, o momento mais polémico da partida. Corona chocou com Esgaio, e acabou por ver o segundo cartão amarelo da partida, que valeu a expulsão do internacional mexicano.

O jogo seguiu com grande ritmo, apesar de o FC Porto passar a contar com menos um jogador em campo, e a equipa da casa ainda conseguiu reduzir a distância. Aos 87 minutos, Fransérgio bateu Marchesín, e fez o primeiro golo do Braga.

E como a partida vai mesmo até ao último segundo, é preciso esperar até ao apito final para ter o resultado final. Já com cinco minutos passados do tempo regulamentar, Gaitán atingiu o empate no marcador, a duas bolas.

Houve ainda tempo para Sérgio Conceição ver o segundo cartão amarelo e ser mesmo expulso da partida, por protestos após o golo do empate.

Com este resultado, o FC Porto fica a cinco pontos do líder Sporting CP, que joga na terça-feira contra o Gil Vicente. O SC Braga, por sua vez, reduz a distância para os 'dragões' e fica a três pontos de os alcançar.