Internacional

Homem ajuda a salvar vítima de acidente e acaba despedido por se atrasar

Depois do acidente, Robsom foi para o trabalho mas acabou por ser dispensado pela empresa.

Um homem, de 35 anos, foi demitido depois de se atrasar para o trabalho porque parou para ajudar a vítima de um acidente no litoral de São Paulo, no Brasil.

O caso aconteceu esta segunda-feira e depois de ser partilhado nas redes sociais ganhou repercussão, com vários utilizadores a elogiar a atitude de Robsom dos Santos.

Em declarações ao G1, o homem conta que já tinha saído um pouco atrasado de casa para o trabalho, mas depois de assistir ao acidente não conseguiu ignorar. Robsom viu o momento em que um condutor perdeu o controlo do carro, depois de uma ultrapassagem, acabando por capotar. O veículo parou numa vala, localizada numa área de mata.

“Eu vi tudo. Capotou umas cinco, seis vezes, só na pista”, contou Robsom, em declarações ao site G1.

O homem conta que estava em período de experiência na empresa, e que tinha noção das consequências do atraso, contudo, ao ver o acidente, resolveu parar e ajudar.

A vala onde o veículo caiu estava ainda cheia de água, deixando o carro submerso. Robsom diz que ficou preocupado com a possibilidade do condutor se afogar e tentou tirá-lo do veículo.

Poucos minutos depois, outros dois homens desceram da estrada até ao local e ajudaram no resgate, enquanto aguardavam pela ajuda das equipas de socorro.

“Ele [condutor] estava com muito medo, muito assustado, em choque. Quando vi que ficou bem, saí para ir ao trabalho”, contou.

Depois do acidente, Robsom foi para o trabalho mas acabou por ser dispensado pela empresa.

 “Estava no lugar certo e na hora certa, mesmo com horário atrasado”, brincou, referindo que não se arrepende de ter parado.

Pai de duas crianças, o homem diz que lembrar-se dos filhos foi um incentivo. “Não sei se o rapaz era pai de família, meu intuito era ajudar”, concluiu.