Sociedade

Encerramento de convívio ilegal com sete pessoas em armazém devoluto de Setúbal

Foram elaborados sete autos de contraordenação por violação do dever geral de recolhimento.

O Comando Territorial de Setúbal, através do Posto Territorial de Santo António da Charneca, terminou, na passada segunda-feira, um convívio ilegal que reunia sete pessoas - com idades compreendidas entre os 20 e os 44 anos - num armazém devoluto em Santo António da Charneca.

"Na sequência de uma denúncia, os militares da Guarda deslocaram-se de imediato para o local, onde encontraram as sete pessoasa consumir bebidas alcoólicas, em incumprimento das normas e medidas vigentes para a contenção da epidemia e redução do risco de contágio da doença COVID-19", pode ler-se no comunicado emitido pela força de segurança. 

É de referir que desta ação, foram elaborados sete autos de contraordenação por violação do dever geral de recolhimento domiciliário e a mesma contou com o reforço do Posto Territorial do Montijo e do Destacamento de Intervenção (DI) de Setúbal.

Recorde-se que, esta terça-feira, o boletim da Direção-Geral da Saúde assinalou 203 mortos e 2583 novos infetados por covid-19.