Sociedade

OMS confirma: vacina da AstraZeneca é eficaz para pessoas acima dos 65 anos

Segundo o organismo, a falha nas provas sobre a eficácia da vacina nesta faixa etária deve-se a um número reduzido de participantes com 65 anos ou mais nos ensaios clínicos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, esta quarta-feira, que a vacina desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca pode ser administrada em pessoas com mais de 65 anos.

Segundo o organismo, a falha nas provas sobre a eficácia da vacina nesta faixa etária deve-se a um número reduzido de participantes com 65 anos ou mais nos ensaios clínicos. Brevemente, serão apresentados mais dados sobre a eficácia da vacina neste grupo etário, a partir dos ensaios clínicos que estão a ser realizados de momento e dos estudos da eficácia da vacina em países que estão a inoculá-la.

Esta decisão é tomada depois de vários países, como França, Alemanha e Suécia não recomendarem a administração desta vacina em pessoas com mais de 65 anos, por não terem a certeza da sua eficácia.

Recorde-se que no início desta semana, a Direção-Geral da Saúde portuguesa divulgou uma norma, que também indicava a utilização da vacina da AstraZeneca apenas para pessoas até aos 65 anos. E que "em nenhuma situação deve a vacinação de uma pessoa com 65 ou mais anos de idade ser atrasada" se só estivesse disponível esta vacina.