Sociedade

Marcelo propõe ao Parlamento renovação do estado de emergência

O chefe de Estado esteve entre esta terça e quarta-feira a ouvir os representantes dos nove partidos com assento parlamentar.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, propôs a renovação do estado de emergência até dia 1 de março. O chefe de Estado esteve entre esta terça e quarta-feira a ouvir os representantes dos nove partidos com assento parlamentar.

"Depois de ouvido o Governo, que se pronunciou esta noite em sentido favorável, o Presidente da República acabou de enviar à Assembleia da República, para autorização desta, o projeto de diploma que renova o estado de emergência por quinze dias, até 1 de março de 2021, permitindo adotar medidas necessárias à contenção da propagação da doença Covid-19", lê-se numa nota divulgada site da Presidência da República.

Marcelo justifica a decisão com o facto de não ser "recomendado pelos peritos reduzir ou suspender, de forma significativa, as medidas de confinamento, sem que os números desçam abaixo de patamares geríveis pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS), que sejam aumentadas as taxas de testagem, ou que a vacinação possa cobrir uma parte significativa da população mais vulnerável”.

Leia aqui na íntegra o projeto do decreto.