Internacional

Casal é parado em operação Stop e mulher descobre que marido usava nome falso há 12 anos para esconder crime

Homem tinha fugido da prisão.

Um homem, que era procurado há 12 anos pelas autoridades autoridades brasileiras, foi detido, esta quarta-feira, quando viajava com a companheira de Janaúba, no norte de Minas Gerais, para Itganhaém, no litoral de São Paulo.

De acordo com a polícia, o homem, de 38 anos, tinha fugido da prisão há 12 anos, onde cumpria uma pena por assaltos à mão armada. Durante esses 12 anos, o suspeito fez-se passar por um sobrinho, que tem uma idade semelhante, e mudou-se para São Paulo, onde conheceu a companheira com quem vivia há três anos e que não sabia da farsa.

O casal foi parado durante uma operação Stop e, durante a abordagem, o homem apresentou um documento falso, o que levou as autoridades a perceber que este usava os dados do sobrinho para fugir à polícia desde 2009.

Segundo a polícia, a mulher ficou em estado de choque ao perceber que o companheiro tinha um nome diferente e estava em fuga.

O casal tinha estado em Janaúba a visitar os familiares do suspeito e a mulher contou que nunca desconfiou da farsa.

O homem foi levado para a sede da Polícia Federal brasileira  e vai responder também por falsificação de documentos.