Economia

Moratórias deverão ser adaptadas, diz Mário Centeno

"As políticas têm que ser adaptadas, e seguramente a questão das moratórias terá esse tratamento", alertou o Governador do Banco de Portugal.

O governador do Banco de Portugal defendeu que as moratórias, bem como as medidas relacionadas com a pandemia, deverão ser adaptadas em função dos diferentes momentos da crise da covid-19. Mário Centeno disse ainda que "o sistema financeiro foi um pilar de resiliência e de apoio", através de várias medidas, em particular as moratórias, no momento de grande crise" vivido por causa da pandemia no ano de 2020.

"A expectativa de todos é que estas medidas que fomos adotando continuem a ser efetivas e continuem a ter um impacto para permitir, por exemplo, que os números que ainda esta semana tivemos conhecimento sobre o mercado de trabalho, possam continuar a ser uma realidade", referiu o governador do BdP.

Para o responsável não há dúvidas: "As políticas têm que ser adaptadas, e seguramente a questão das moratórias terá esse tratamento. Temos que analisar em cada momento o contexto de crise em que vivemos, e adaptar as medidas a esse momento".