Internacional

Mario Draghi aceita formalmente convite para formar novo governo em Itália

O convite foi aceite após o economista ter garantido o apoio de quase todos os partidos representados no Parlamento italiano. 

Mario Draghi aceitou formalmente, esta sexta-feira, o convite do Presidente italiano, Sergio Mattarella, para formar um governo de emergência e assumir o cargo de primeiro-ministro. O convite foi aceite após o economista ter garantido o apoio de quase todos os partidos representados no Parlamento italiano. 

O anúncio foi feito pelo antigo presidente do Banco Central Europeu (BCE), no final de um encontro com Mattarella, a quem apresentou a lista dos ministros que irão integrar o seu governo. De acordo com a Reuters, a lista é composta por uma mistura de políticos e técnicos e foi aceite pelo chefe de Estado.

O novo governo vai ser empossado no sábado e no início da próxima semana irão decorrer as sessões de juramento e da prestação de votos de confiança na Câmara dos Deputados e no Senado.

Recorde-se que o ex-primeiro-ministro, Giuseppe Conte, se demitiu do cargo no final de janeiro após o partido de Matteo Renzi, Italia Viva, ter abandonado o acordo de coligação que tinha com o Governo, juntamente com o Movimento 5 Estrelas.