Economia

Altice reforça apoio à GNR

Equipamentos e serviços da Altice vão permitir que milhares de idosos se mantenham próximos das suas famílias.

Num claro reforço do compromisso que assume diariamente perante os portugueses, a Altice Portugal volta a aliar-se à Guarda Nacional Republicana para dotar todos os comandos territoriais da GNR com os equipamentos e serviço de dados necessários para que milhares de idosos em todo o país possam manter-se próximos das suas famílias.
Numa altura em que a força das circunstâncias obriga os portugueses a permanecer em casa, a operadora vai colocar à disposição da GNR tablets e cartões de dados móveis que permitirão encurtar distâncias e promover o contacto, através de videochamadas, entre idosos que vivem sozinhos ou isolados e as suas famílias, no âmbito do programa 65 Longe+Perto da GNR.

Para o presidente executivo da empresa, Alexandre Fonseca, «é com grande orgulho que voltamos a colaborar com GNR e com o trabalho que desenvolve em prol da sociedade, uma vez mais para uma iniciativa de proximidade, um valor que defendemos e praticamos diariamente na Altice Portugal, e que nesta fase ganha contornos ainda mais importantes. Acreditamos que a tecnologia deve estar ao serviço de causas, de pessoas, e da humanidade, e por isso no que concerne a disponibilizá-la indistintamente a todos os portugueses, não baixamos os braços. Aplaudo de pé esta iniciativa da GNR que vem demonstrar que conhece bem o território, defende-o e protege-o.».

O comandante-geral da GNR, Tenente-General Rui Manuel Carlos Clero, considera que «a continuidade desta parceria torna ainda maior a dimensão social do serviço que a Guarda vem prestando junto dos cerca de 42 mil idosos sinalizados pela Guarda como vivendo sozinhos, isolados ou sozinhos e isolados, em especial numa altura de elevada complexidade como aquela que o país atravessa».

Através desta parceria, a GNR dispõe agora de mais meios para fortalecer o trabalho fundamental que desenvolve junto da população portuguesa, em particular junto das camadas mais vulneráveis, que a propósito da crise pandémica que vivemos se veem muitas vezes privadas do contacto com os seus familiares.

Depois de, no último ano ter disponibilizado mais de quatro centenas de equipamentos e serviços tecnológicos a instituições de ensino, de saúde e de solidariedade social, a empresa volta assim a deixar o seu contributo para a sociedade, numa iniciativa que beneficiará milhares de idosos em todo o país, e que deixa uma vez mais claro o seu compromisso perante a sociedade e os portugueses: «Estamos cá, estivemos sempre cá, e vamos continuar».