Internacional

Rio de Janeiro suspende vacinação por falta de vacinas

O Brasil é um dos países do mundo mais afetado pela covid-19.

O Rio de Janeiro vai suspender provisoriamente a campanha de imunização contra a covid-19, a partir da próxima quarta-feira, por falta de vacinas. Segundo o prefeito daquele estado brasileiro, Eduardo Paes, um novo lote de vacinas só deverá chegar do Instituto Butantan na próxima semana.

"Recebi a notícia de que não chegaram novas doses. Teremos que interromper nossa campanha. Hoje [segunda-feira] vacinamos pessoas de 84 anos e amanhã de 83 [anos]", afirmou Paes, nas redes sociais. "Estamos prontos e já vacinamos 244.852 pessoas. Só precisamos que a vacina chegue. Nova leva deve chegar do Butantan na próxima semana", acrescentou. 

Trata-se da primeira cidade brasileira a interromper oficialmente a vacinação contra a covid-19 por falta de vacinas, numa altura que o país enfrenta a segunda vaga da pandemia. O Brasil é um dos países do mundo mais afetado pela covid-19, sendo o terceiro país com mais casos e o segundo a nível de mortes, com 9,8 milhões de infeções e cerca de 240 mil vítimas mortais.