Desporto

Fábio Martins denuncia ato racista: "Atos de racismo não podem ser normalizados no futebol, nem na vida"

Futebolista denunciou ato racista por parte de um membro do staff do Al Nassr FC. 


Fábio Martins utilizou as redes sociais, este domingo, para denunciar um ato de racismo por parte de um elemento do staff do Al Nassr FC. Segundo o futebolista português, tudo aconteceu depois da vitória do AL Shabab, clube que representa por empréstimo do Braga, frente ao Al Nassr FC, a contar para o campeonato da Arábia Saudita. 

"Uma vitória sem contestação, num estádio e contra um adversário difícil. Seguimos a nossa caminhada com a mesma humildade. Atos de racismo não podem ser normalizados no futebol, nem na vida. Muito menos quando esses atos vêm de um elemento do staff da equipa adversária que, por acaso, também foi jogador, para com um jogador da nossa equipa", começou por escrever Fábio Martins no Instagram, defendendo que “no futebol e na vida” é preciso “saber perder”.

“Que este tipo de episódios não se repitam, para o bem do FUTEBOL”, acrescentou.

Na publicação, o jogador brasileiro Sebá, colega de equipa de Fábio Martins, deixou um comentário que indica que terá sido ele o jogador alvo de racismo. "Obrigado pelo apoio mano", escreveu. 

De realçar que o Al-Shabab goleou, no sábado, o Al Nassr por 4-0.