Internacional

Governo alemão fornece testes rápidos à população

A partir de 1 de março, todos os cidadãos vão poder fazer um teste antigénio gratuito e as autarquias vão poder requisitar testes aos centros de saúde ou farmácias. 

Na Alemanha, “a partir de 1 de março, todos os cidadãos poderão ser testados gratuitamente por pessoal formado em testes antigénios rápidos”, anunciou o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, na rede social Twitter, na qual explicou que a decisão se deve ao ”número suficiente de testes disponíveis no mercado”.

Segundo a agência noticiosa AFP, o custo dos testes será assegurado pelo Governo alemão. Os testes poderão ser requisitados pelas autarquias aos centros de saúde ou farmácias.

Jens Spahn ainda acrescenta que “os testes caseiros vão ficar também disponíveis para todos após aprovação” do Instituto Federal de Medicamentos e Dispositivos Médicos.

"Estes testes podem contribuir para a segurança da vida quotidiana, especialmente nas escolas e centros de dia", admitiu o ministro da Saúde, acrescentando que o seu Ministério estava "a negociar com vários fabricantes".

De acordo com vários órgãos de comunicação alemães, salienta a AFP, o Governo federal está a estudar a hipótese de contribuição com um euro em troca de um teste.

É necessário referir que os testes antigénios não são considerados tão confiáveis como os testes PCR.

Atualmente, na Alemanha, o Instituto Robert Koch de Vigilância Epidemiológica prefere a validação de um positivo de um teste PCR.