Internacional

Homem empurra mulher grávida de penhasco após tirar fotografia

Marido atraiu mulher grávida de sete meses para uma encosta, sob o pretexto de querer tirar-lhe uma fotografia.

Um homem foi acusado de empurrar a sua mulher grávida de um penhasco na Turquia, avança a imprensa daquele país.

O caso remonta a junho de 2018, quando Hakan Aysal, de 40 anos, levou a mulher grávida de sete meses até uma encosta, sob o petexto de lhe tirar uma fotografia, coisa que aliás fez antes de a empurrar. Na imagem, Semra Aysal está sentada a sorrir, longe de imaginar o que aconteceria a seguir.

A mulher caiu de uma altura de mais de 300 metros. O marido alegou que se teria tratado de um acidente, mas durante a investigação foram descobertos indícios de que tudo foi premeditado.

De acordo com a imprensa turca, Hakan Aysal teria feito um seguro de vida no valor de milhares de dólares em nome da mulher, o que poderá ter sido o motivo para o crime.

Hakan Aysal está agora acusado de homicídio e enfrenta uma sentença de prisão perpétua em caso de condenação.