Vida

Justin Timberlake quebra silêncio e pede desculpa a Britney Spears

Cantor também referiu Janet Jackson no seu pedido de desculpas publicado no Intagram.

Justin Timberlake pediu desculpas publicamente à sua ex-namorada Britney Spears, mas também a Janet Jackson, por "erros" que assume terem contribuído para "um sistema que tolera a misoginia e o racismo".

A declaração do cantor surge no mesmo dia em que o pai de Spears perdeu o controlo sobre as finanças da filha e pouco depois da estreia do “Framing Britney Spears”, que recorda a carreira da artista e o escrutínio mediático de que foi alvo e as consequências na sua saúde mental.

“Lamento profundamente pelos momentos na minha vida em que as minhas ações contribuíram para o problema”, escreveu.

“Quero pedir desculpa especificamente à Britney Spears e à Janet Jackson, de forma individual, porque preocupo-me e respeito estas mulheres e sei que falhei”, acrescentou o cantor.

Timberlake deixou ainda acusações à indústria, a que está ligado desde a adolescência, assim como Britney Spears, e que “prepara os homens, especialmente os brancos, para o sucesso”. “Está desenhada desta forma. Enquanto homem numa posição privilegiada, tenho de falar sobre isto”, explicou ainda.

Sublinhe-se que Justin Timberlake e Britney Spears namoraram durante alguns anos e que o cantor protagonizou com Janet Jackson a polémica atuação no Super Bowl em 2004, quando a cantora ficou com o peito à mostra, tendo sido alvo de uma chuva de críticas que acabou também por afetar a sua carreira.