Sociedade

PSP encerra ginásio em funcionamento após apanhar clientes escondidos em alçapão

Caso ocorreu em Vila Franca de Xira. 


O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) encerrou, na última terça-feira, um ginásio que se encontrava em funcionamento e com oito clientes no seu interior, na vila do Forte da Casa, em Vila Franca de Xira.

Em comunicado, a PSP explica que numa das entradas do ginásio, a força de segurança conseguiu intercetar um cliente, bem como a proprietária do espaço. "Após diálogo estabelecido com a proprietária”, foi efetuada uma vistoria no interior do ginásio, "tendo sido possível intercetar os restantes clientes”. Clientes estes que, quando se aperceberam da presença da polícia, "tentaram dissimular a sua presença, através de um alçapão que dava acesso ao telhado do edifício".

Na ação foram levantados nove autos de contraordenação, correspondentes a onze infrações.

A PSP frisa que o ginásio se encontrava "em claro incumprimento às medidas decorrentes da declaração do estado de emergência em vigor, nomeadamente, por se encontrarem em violação do encerramento de atividade do estabelecimento, dever geral de recolhimento obrigatório e uso de máscara".