Sociedade

Portugal volta a ter menos de 4 mil doentes covid hospitalizados, o que não acontecia desde 11 de janeiro

Há menos de 90 mil casos de covid-19 ativos no país. 


Portugal registou, nas últimas 24 horas, 1.944 novos casos de covid-19 e 105 mortes associadas à doença. De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) revelado esta quinta-feira, o país soma agora um total acumulado de 792.829 infetados e 15.754 óbitos.

O número diário de novos casos é ligeiramente mais baixo do que aquele que foi ontem registado (2.324) e muito mais baixo do que aquele que foi registado na quinta-feira da semana passada, quando tinham sido diagnosticados 3.480 novos casos.

Também o número diário de mortes é mais baixo face ao último balanço, quando morreram 127 pessoas, ainda assim continua acima da centena.

Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região mais afetada pela pandemia, tendo registado 969 casos nas últimas 24 horas. Segue-se o Norte com 489 novos contágios, o Centro com 287, o Alentejo com 59 e o Algarve com 56. Na Madeira há mais 68 infetados e nos Açores mais 16.

Quanto aos óbitos, 56 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 20 no Norte, 17 no Centro, seis no Alentejo e seis no Algarve. Nos arquipélagos não se registou qualquer morte associada à doença.

Por outro lado, o número de internamentos voltou a registar uma quebra muito significativa e desceu pelo terceiro dia consecutivo. Há agora, 3.819 pessoas hospitalizadas, menos 318 do que no dia anterior. É a primeira vez desde 11 de janeiro, quando estavam 3.983 pessoas internadas, que este número fica abaixo dos 4.000. Nos Cuidados Intensivos estão 688 pessoas, menos 31 do que ontem.

Nas últimas 24 horas, mais 4.401 pessoas foram dadas como recuperadas, elevando para 687.462 o total de pessoas que venceram a doença no país.

Atualmente existem 89.613 casos ativos de infeção, menos 2.562 do que ontem.

Consulte o boletim na íntegra.