Sociedade

Disparou com arma de ar comprimido contra dois gatos deixando-os gravemente feridos

Uma das situações ocorreu em 2017 e outra em 2020. 

A GNR identificou, esta quinta-feira, um homem, de 55 anos, por maus-tratos a animal de companhia com recurso a uma arma de ar comprimido, na localidade da Ericeira.

A força de segurança revela em comunicado, esta sexta-feira, que na sequência de uma investigação relacionada com maus-tratos a dois gatos, os militares identificaram o suspeito de dois disparos, que ocorreram em duas situações distintas, uma em 2017 e outra em 2020.

“Em ambas as situações, os animais ficaram gravemente feridos e tiveram de ser submetidos a intervenções cirúrgicas, que resultaram na colocação de próteses em metal para reforço da estrutura danificada”, informa a GNR.

No decorrer das diligências policiais, foi possível apurar que os disparos foram efetuados pela arma do suspeito, que foi apreendida, através da comparação balística dos projéteis analisados.

O suspeito foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Mafra.