Vida

Vídeo mostra momento em que cães de Lady Gaga foram roubados em ataque à mão armada

Empregado da artista evitou a todo o custo que os animais fossem levados e acabou por ser alvejado. 

Um vídeo partilhado pela imprensa norte-americana mostra o momento em que o empregado de Lady Gaga, responsável por passear os seus cães, foi alvejado. Recorde-se que o homem, identificado como Ryan Fischer, passeava três cães da artista, Koji, Miss Asia e Gustave, na região de West Hollywood, em Los Angeles. Durante o passeio, na noite de quarta-feira, o profissional foi abordado por dois homens, que conduziam um BMW, e acabou por ser baleado e os animais roubados. 

As câmaras de videovigilância captaram o momento em que os animais, da raça bulldog, foram levados e o empregado baleado, depois de um carro branco parar na rua.  

"Desiste", grita um dos assaltantes. "Não! Ajudem-me", gritou Fischer, que tentou que os cães não fossem levados.

Ao recusar-se a soltar os cães, um dos agressores levantou uma arma e disparou. Fischer conseguiu agarrar-se a um dos animais, Miss Asia, enquanto os assaltantes fugiam com os outros dois.

"Oh meu Deus, ajudem-me", gritou. "Ajudem-me, fui baleado. Estou a sangrar no peito", continuou. "Eles roubaram dois cães", disse depois a uma pessoa que veio em seu auxílio e que, segundo a imprensa, acabou mesmo por salvá-lo, uma vez que teve de lhe fazer uma reanimação cardiorrespiratória. 

O homem, que se encontra internado, está estável e Lady Gaga está a oferecer meio milhão de dólares pelos animais.

O FBI já confirmou que está a investigar o caso. 

Atenção! As imagens que se seguem podem ferir a suscetibilidade dos leitores mais sensíveis.