Sociedade

Quase 28 mil profissionais de saúde infetados com covid-19 em Portugal, 29 dos quais morreram

 Dos 27.973 infetados, a maioria corresponde a assistentes operacionais (8.732) e enfermeiros (7.357).

Desde o início da pandemia de covid-19 em Portugal, a 2 de março de 2020, 27.973 profissionais de saúde ficaram infetados com o vírus SARS-CoV-2. A maioria corresponde a assistentes operacionais e enfermeiros. Do total de infetados, 29 morreram.

Segundo dados da Direção-Geral da Saúde (DGS), a que a agência Lusa teve acesso, dos 27.973 infetados, 8.732 correspondem assistentes operacionais e 7.357 a enfermeiros. Há ainda 4.022 casos de profissionais de saúde de categorias não especificadas, 3.454 médicos, 1.743 assistentes técnicos, 1.251 técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, 612 farmacêutico, 552 técnicos superiores de saúde e 250 técnicos superiores.

Fevereiro e janeiro foram os meses com mais mortes, tendo sido contabilizados nove e seis óbitos, respetivamente, de profissionais de saúde nesses meses. Entre as vítimas estavam três médicos, um enfermeiro, um técnico superior de diagnóstico, dois auxiliares de saúde, um auxiliar de enfermagem, dois administrativos, um colaborador de Estrutura Residencial para Idosos (ERPI), um bombeiro e sete com categoria desconhecida.