Vida

Paris Hilton diz que foi "publicamente humilhada" por David Letterman

Paris Hilton afirmou que David Letterman foi "muito cruel e muito mau" e considerou que o apresentador tinha "ultrapassado os limites" numa entrevista em 2007.


Paris Hilton afirmou que se sentiu "publicamente humilhada" pelo apresentador David Letterman durante uma entrevista em 2007. Já passaram 14 anos, mas o tema ressurgiu após vários fãs recorrerem às redes sociais para criticar a forma como as celebridades femininas eram tratadas nos anos 2000, na sequência do documentário 'Framing Britney Spears'.

Durante a entrevista, Letterman perguntou várias vezes à socialite sobre as três semanas que ela passou na prisão por ter violado a liberdade condicional que estava sujeita. Na mesma entrevista, questionou ainda sobre os 82 minutos que Nicole Richie foi presa por ter conduzido sob efeito do alcóol. Face à insistência, Paris Hilton afirmou apenas, visivelmente desconfortável, que o tempo que esteve presa foi "uma experiência realmente traumática".

A empresária voltou a abordar o tema no seu podcast 'This is Paris', enquanto conversava com a irmã, Nicky Hilton. Segundo Paris, a sua equipa de relações públicas e a equipa do apresentador fizeram "um acordo de que a prisão estava fora dos limites e que ele [Letterman] não iria abordar o tema".

"Senti que era um lugar seguro, porque eu já tinha ido ao Letterman durante tantos anos, e ele divertia-se sempre comigo e brincava, mas eu pensei que ele iria manter a sua palavra [de não abordar a detenção]. Estava errada", afirmou. "Eu estava a ficar desconfortável e muito chateada. Era como se estivesse a tentar humilhar-me de propósito. Durante os intervalos, eu olhava para ele tipo: 'Por favor, para de fazer isto. Tu prometeste-me que não falarias sobre isto, e essa é a única razão pela qual eu aceitei vir ao programa. Por favor, não toques novamente no assunto'. E ele dizia: 'Ok'. Mas fazia-o de novo", contou.

Paris afirmou ainda que Letterman foi "muito cruel e muito mau" e considerou que o apresentador tinha "ultrapassado os limites". Na mesma entrevista afirmou que nunca mais iria voltar ao programa – promessa que não cumpriu. "Não o repreendi porque não sou esse tipo de pessoa, mas fiquei com raiva". 

O apresentador terá tentado desculpar-se e enviou "uma caixa de vinho" para a casa da herdeira do império Hilton. Na seguinte entrevista de Paris no mesmo programa, Lettermen pediu desculpas ao vivo e afirmou que se "sentiu péssimo" por a ter pressionado e insistiu que "não estava ali para fazer inimigos".

Veja a entrevista: