Vida

Miley Cyrus sofreu "crise de identidade" por interpretar Hannah Montana

Miley Cyrus deu vida, durante cinco anos, a Hannah Montana, uma estrela de música que escondia a sua identidade através de uma peruca.


A cantora Miley Cyrus, que subiu às luzes da ribalta após ter dado vida a Miley Stewart e Hannah Montana na série infantojuvenil da Disney com o mesmo nome, afirmou que sofreu uma "crise de identidade" por ter interpretado as personagens.

Na série, Miley interpretava Hannah Montana, uma estrela de música que escondia a sua identidade através de uma peruca.

"O conceito da série é que quando és a personagem, quando tens o alter ego, és valiosa. Tens milhões de fãs, és a maior estrela do mundo", explicou no podcast 'Rock This with Allison Hagendorf'. "Quando eu era eu mesma, quando já não estava a usar a peruca, ninguém se importava comigo. Eu já não era uma estrela".

"Isso ficou mesmo na minha cabeça: 'Se não fosse a Hannah Montana, ninguém se preocuparia comigo'", continuou a artista de 28 anos.

"Acho que talvez seja por isso que quase criei uma versão caricata de mim mesma às vezes. Nunca criei uma personagem que não fosse como eu sou, mas estava ciente de como as pessoas me viam e meio que brinquei um pouco com isso", admitiu. "Tipo, quando eu percebi que as pessoas se importavam que eu mostrasse a língua, quando me diziam: 'Para de colocar essa língua maldita fora', eu fazia isso ainda mais... Quando as pessoas ficavam chateadas, significa que elas se preocupam, e isso faz com que queiras provocar também".

Miley Cyrus foi a grande estrela da Disney entre os 14 e 19 anos, sendo admirada por milhões de crianças em todo o mundo. Quando deixou a série, deu que falar pelas suas declarações e exibições atrevidas e escandalosas.