Vida

Palácio de Buckingham reage após polémica entrevista de Harry e Meghan Markle

Acusações racistas são "preocupantes". 


O Palácio de Buckingham quebrou o silêncio após a polémica entrevista de Meghan Markle e Harry a Oprah Winfrey. Num comunicado citado pela Sky News, a família real britânica considera que as acusações racistas feitas pelos duques de Sussex são “preocupantes” e vão ser tratadas internamente. 

“Toda a família está triste ao saber como os últimos anos foram desafiantes para Harry e Meghan", refere a nota do Palácio em nome da Rainha Isabel II.

“As questões levantadas, principalmente as de racismo, são preocupantes" e são “levadas muito a sério e serão tratadas pela família em particular", lê-se.

"O Harry, a Meghan e o Archie sempre serão membros da família muito queridos", realçam.

Recorde-se que na entrevista Meghan Markle disse que houve várias conversas, quando estava grávida, entre Harry e um membro sénior da família real sobre Archie, nomeadamente sobre o quão escura seria a pele do bebé.

Já no rescaldo da entrevista, Oprah Winfrey veio esclarecer a questão, referindo que os comentários não foram feitos nem pela Rainha, nem pelo príncipe Philip. Sublinhe-se que Harry disse que não iria divulgar os nomes de quem se mostrou preocupado com a cor de Archie, mas sublinhou que a conversa foi "estranha" e que ficou "chocado".