Vida

Piers Morgan demitiu-se do programa Good Morning Britain após declarações polémicas sobre Meghan Markle

O motivo está na discussão que levou à saída em direto do apresentador no momento em que a equipa do Good Morning Britain estava a analisar a entrevista dos duques de Sussex a Oprah Winfrey.

Depois de abandonar em direto o programa Good Morning Britain, na terça-feira, o apresentador Piers Morgan já não será mais apresentador do programa, depois de o canal de televisão ITV ter aceitado o seu pedido de demissão, enviado ainda nesse dia.

"No seguimento de conversações com a ITV, Piers Morgan decidiu que é altura de abandonar 'Good Morning Britain'", indicou o canal num comunicado citado pela imprensa britânica. "A ITV aceitou a sua decisão e não tem mais declarações a fazer", rematou.

O motivo está na discussão que levou à saída em direto do apresentador no momento em que a equipa do Good Morning Britain estava a analisar a entrevista dos duques de Sussex ao ícone da televisão norte-americana, Oprah Winfrey.

Na análise, o co-apresentador, Alex Beresford referiu, algo que já tinha pronunciado no programa, que Meghan Markle se quis afastar de Piers Morgan, e que o mesmo já tinha dito várias vezes no programa que não gostava da duquesa de Sussex, “deixou-o claro muitas vezes neste programa. Várias vezes".

Ao ouvir este comentário, Piers Morgan levantou-se da cadeira e abandonou o estúdio, dizendo “não posso fazer isto”.

Beresford disse que a reação do colega foi “patética”. "O Piers fala alto regularmente e todos temos de sentar e ouvir. Das seis e meia às sete da noite de ontem foi incrivelmente difícil de ver", admite Beresford.

Já na segunda-feira, Piers Morgan admitiu que não “acreditava em nenhuma palavra” que Meghan Markle disse sobre o racismo que aconteceu na Casa Real.

"Não acreditava nela nem que estivesse a ler-me o boletim meteorológico", disse em tom irónico o apresentador de 55 anos, que responsabilizou Markle por um "massacre" contra a família real.