Sociedade

Jovem foi apanhado pela PSP a agredir cão sistematicamente na cabeça e acabou detido

Interpelado pelos agentes, jovem disse "estar a fazê-lo como medida corretiva". 


O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis) revelou que deteve um jovem, de 20 anos, na terça-feira, suspeito da prática do crime de maus-tratos a animal de companhia.

Em comunicado, esta quinta-feira, a PSP explica que uma testemunha alertou a força de segurança para facto de um homem "agredir constantemente e com violência, com recurso a um pau e uma faixa de borracha, um cão preso", no quinta da sua residência.

No local, os agentes presenciaram as agressões que "ocorriam de forma sistemática na cabeça do referido animal".

O jovem "foi de imediato interpelado para cessar as agressões, ao que o suspeito respondeu estar a fazê-lo como medida corretiva". 

A PSP acabou por deter o jovem, que foi constituído arguido, sujeito a termo de identidade e residência, aguardando notificação para comparência perante a Autoridade Judiciária.

O cão, de raça Bull Terrier, vai permanecer no canil municipal para avaliação e posterior decisão judicial.

O suspeito tinha ainda mais três cães na sua residência, que aparentavam estar bem de saúde e sem marcas de violência visíveis. Contudo, serão avaliados pelo veterinário municipal.