Sociedade

GNR interrompe festa ilegal de casamento com 146 pessoas em Palmela

Festa decorria numa propriedade privada.


A GNR interrompeu, na quinta-feira, uma festa ilegal de casamento na localidade de Águas de Moura, no concelho de Palmela, estavam presentes 146 pessoas: 90 adultos e 56 crianças.

A festa decorria numa propriedade privada, segundo o Correio da Manhã.

As autoridades identificaram os organizadores do evento, que foram autuados por violação ao dever de recolhimento obrigatório, em vigor no país devido à covid-19. O mesmo aconteceu com os participantes adultos.