Politica

Papa confirma a Marcelo visita a Portugal em 2023 e promete ir a Fátima

Pandemia obrigou ao adiamento das Jornadas Mundiais da Juventude para 2023.

Marcelo Rebelo de Sousa já está em Roma, na sua primeira viagem oficial como Presidente da República portuguesa e esteve num encontro privado, na manhã desta sexta-feira, com o Papa Francisco, no qual confirmou a ida do Papa a Portugal em 2023, a Lisboa, que vai incluir passagem por Fátima, na altura em que se realizarão as Jornadas Mundiais da Juventude

Aos jornalistas portugueses que estão na capital italiana, Marcelo Rebelo de Sousa revelou que o encontro "correu muito bem porque deu, em primeiro lugar, para falar da visita histórica do papa Francisco ao Iraque, do seu significado, das perspetivas que se podem abrir não apenas em termos dos cristãos que vivem no Iraque, mas sobretudo da pacificação no Médio Oriente, que é um tema muito importante, com a nova administração americana e com a evolução recente naquela região do globo", segundo a agência Lusa.

A União Europeia, a pandemia, a crise económica e social e sua recuperação foram alguns dos temas que o Presidente da República conversou com o Papa Francisco, assinalando a preocupação natural do sumo pontífice “com os efeitos sociais da crise” originada pela pandemia de covid-19 e ainda a sua “grande forma física e psíquica”.

"Também se falou de África e a Santa Sé que acompanha meticulosamente o que se passa na CPLP e em, particular, o que se passa em Moçambique, e falámos da América Latina e, em particular, da Venezuela", salientou Marcelo Rebelo de Sousa.

Marcelo Rebelo de Sousa fez a questão de realçar aos jornalistas que ofereceu ao Papa uma obra sobre a igreja de São de Roque. Já Francisco ofereceu-lhe "uma lembrança por antecipação do oitavo ano do seu Pontificado, uma imagem e várias obrigas [...] devidamente autografadas".

De realçar que o Presidente da República está a cumprir a tradição de há cinco anos, quando também viajou para o Vaticano.