Desporto

"Não tememos nada", diz Rúben Amorim sobre acusações de fraude

"A resposta a tudo isso é ganhar ao Tondela, é a melhor maneira de responder a tudo. Ganhando está tudo bem", considerou o treinador dos leões.


Rúben Amorim, treinador do Sporting, falou, esta sexta-feira, sobre o processo que lhe foi movido pela Comissão de Instrutores na sequência de uma queixa apresentada pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) por alegada fraude na sua inscrição como técnico principal dos leões.

"Posso garantir isso [que não houve qualquer incumprimento]. Estou de consciência tranquila, o Sporting também e não tememos nada. A minha preocupação foi igual a quando saiu a acusação ao Palhinha. Perguntei aos advogados se podia estar contra no jogo contra o Tondela, disseram que sim e é nesse jogo que está o nosso foco", afirmou na conferência de imprensa de antevisão do jogo contra o Tondela. 

"Já aconteceu com outros colegas. Houve outros que não tiveram qualquer problema. Mas temos gente a tratar destes assuntos mesmo em relação a jogadores nossos que levaram outros processos. A resposta a tudo isso é ganhar ao Tondela, é a melhor maneira de responder a tudo. Ganhando está tudo bem", continuou.

Esta sexta-feira, o técnico foi eleito o melhor treinador da Liga do mês de fevereiro, tendo recebido 36,6% dos votos. Ficou à frente de Carlos Carvalhal, treinador do Sporting de Braga, e de Daniel Ramos, do Santa Clara.