Cultura

Atriz francesa despe-se e fica nua nos prémios César como protesto

"Devolve-nos a arte, Jean". Esta foi uma das mensagens que Corinne Masiero tinha escrita no corpo. 

Para exigir ao governo francês um maior apoio à cultura no momento em que os teatros e cinemas continuam de portas fechadas devido à pandemia, a atriz francesa, Corinne Masiero, de 57 anos, decidiu ficar completamente nua durante os prémios César (uma premiação francesa equiparada aos Óscares) como protesto.

Vestida de burro sobre um vestido ensanguentado, a protagonista da série 'Capitaine Marleau' entrou no palco para anunciar os nomeados para a categoria de “Melhor Guarda Roupa” e começou a despir tudo o que tinha no seu corpo para mostrar a mensagem escrita no seu tronco: “Sem Cultura não há futuro”. Ao virar-se de costas, a atriz tinha outra mensagem pintada no corpo, dirigida ao primeiro-ministro francês, Jean Castex: "Devolve-nos a arte, Jean".

O teatro Olympia fez-se ecoar com os aplausos da plateia, levando Corinne Masiero quase a esquecer-se de apresentar os nomeados.

Veja aqui o momento peculiar da cerimónia do cinema francês (as imagens seguintes contêm nudez).