Internacional

"Passaporte verde" deve entrar em vigor na UE antes do verão

Certificado de saúde tem o objetivo de facilitar as viagens dentro da União Europeia. 


As autoridades europeias vão apresentar, esta quarta-feira, o “passaporte verde”, um certificado sanitário para facilitar as viagens dentro da União Europeia (UE) devido à pandemia da covid-19.

De acordo com o comissário europeu para o Mercado Interno, Thierry Breton, este certificado deverá entrar em vigor antes do verão.

"Estamos a trabalhar para que isto seja feito antes de junho", disse Thierry Breton, este domingo, em declarações à rádio Europa 1. O responsável defende que é essencial fazer tudo o que for possível para "preservar a temporada turística".

O certificado, cujo projeto será apresentado quarta-feira, será "em formato eletrónico ou em papel", de forma a respeitar as pessoas que "não querem" colocar essas informações no seu telemóvel. 

O documento conterá informação "que indicará se uma pessoa foi vacinada contra a covid-19, se já recuperou [da doença], ou se teve resultado negativo no teste".

De realçar que a Comissão Europeia já tinha anunciado a iniciativa no início do mês.