Sociedade

Suspeito de violência doméstica tinha mais de uma dezena de armas em casa

Homem ficou proibido de contactar com a vítima e de se aproximar dela a menos de 500 metros.


Um homem, de 59 anos, foi detido pela PSP, esta quinta-feira, em Lisboa, por violência doméstica e posse de mais de 10 pistolas.

Em comunicado, este domingo, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis) revelou que a detenção ocorreu na sequência de um processo de investigação urgente que permitiu "recolher indícios da prática continuada de ações violentas e ameaças reiteradas do suspeito à vítima, colocando-a numa situação particular de perigo, havendo inclusive alusão à disponibilidade de várias armas por parte do suspeito".

Foram emitidos mandados de busca domiciliária, tendo sido apreendidas sete pistolas de 6,35 mm, quatro pistolas e um carregador de 7,65 mm, uma caçadeira de calibre 12 e uma granada defensiva.

A PSP apreendeu ainda 250 munições de calibre 9, 60 munições de calibre 7,65 mm, 1.658 munições de calibre.22 e 14 munições de calibre 6,35 mm.

Segundo a mesma nota, foram também apreendidas 20 munições de salva de G3, uma munição real de G3 e uma munição tracejante de G3.

O detido foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa para primeiro interrogatório judicial, tendo ficado proibido de contacto com a vítima e de se aproximar dela a menos de 500 metros.