Internacional

União Europeia vai receber mais 10 milhões de vacinas da Pfizer durante o segundo trimestre

Estas doses adicionais serão retiradas ao pacote de 100 milhões de doses opcionais que estavam incluídas no segundo contrato entre a União Europeia e a BioNTech/Pfizer e que deviam ser entregues nos terceiro e quatro trimestres.


A Comissão Europeia (CE) chegou a acordo com a Pfizer e a BioNTech para a entrega antecipada de 10 milhões de vacinas contra a covid-19 no segundo trimestre deste ano. O anúncio foi feito, esta segunda-feira, pela presidente da CE, Ursula von der Leyen, que sublinha que os Estados-membros ficam "com margem de manobra e a possibilidade de preencher lacunas nas entregas".

"Estes 10 milhões de doses antecipadas vão aumentar o número total de doses previstas para o segundo trimestre para mais de 200 milhões", afirmou, em comunicado. "São muito boas notícias. Dá aos Estados-membros margem de manobra e a possibilidade de preencher lacunas nas entregas".

Estas doses adicionais serão retiradas ao pacote de 100 milhões de doses opcionais que estavam incluídas no segundo contrato entre a União Europeia e a BioNTech/Pfizer e que deviam ser entregues nos terceiro e quatro trimestres.