Sociedade

Detida mulher que atraía homens para encontros românticos para os roubar

Pelo menos 15 homens da região Norte caíram na armadilha. A PSP deteve mais um indíviduo que faria parte do esquema.


Uma mulher, de 49 anos, atraiu pelo menos 15 homens para encontros românticos com a intenção de os assaltar. Segundo informou, esta terça-feira, a Polícia de Segurança de Pública, três pessoas foram detidas.

Além da suspeita, foi também detido um homem, de 58 anos, ambos residentes no Porto, e um homem de 37 anos, de Gondomar, por serem cúmplices no esquema.

"As vítimas, por norma, eram aliciadas para encontros combinados através das redes sociais, vendo-se em seguida despojadas dos seus bens, nomeadamente das viaturas", lê-se.

A investigação "visou um conjunto de indivíduos que de forma organizada se dedicavam à prática reiterada de furtos de veículos e furtos no interior de veículos" e foram cumpridos dois mandados de detenção, seis mandados de busca domiciliária e um mandado de busca não domiciliária, nas áreas do Porto, Gondomar e Santa Maria da Feira, dos quais resultaram a apreensão de uma pistola e 50 munições, uma arma de alarme, duas notas de 20 euros e duas de 10 que aparentam ser falsas, além de sete telemóveis.

Em declarações à agência Lusa, fonte policial revelou que os detidos fazem parte do "grupo do tástalo", cujo líder está detido desde outubro e que em setembro foi notícia por deixar a namorada à entrada do hospital de São João da Madeira, em Aveiro, com ferimentos de bala provocados durante confrontos com a polícia em assaltos a automóveis. A jovem, de 23 anos, acabou por morrer.