Vida

Harry já falou com o pai e com o irmão após a polémica entrevista

“As conversas não foram produtivas”, revelou apresentadora norte-americana Gayle King.

Mais de uma semana depois, a entrevista de Harry e Meghan a Oprah Winfrey continua a ser o tema do momento.

A última novidade é que o duque de Sussex já terá falado com o pai e com o irmão, após as revelações polémicas, que deixaram o príncipe Carlos “profundamente magoado” com o filho mais novo e que levaram o príncipe William vir a público dizer que a família real “não era de todo racista”.

A notícia da conversa de Harry com o pai e com o irmão foi avançada por Gayle King, amiga da duquesa de Sussex e de Oprah Winfrey e co-apresentadora do programa CBS This Morning.

"É verdade, o Harry falou com o irmão e também com o pai, e o que me disseram é que essas conversas não foram produtivas. Mas eles estão felizes por, pelo menos, terem tido essas conversas", disse Gayle King.

A apresentadora adiantou ainda que já em relação a Meghan a família real não tentou estabelecer qualquer contacto nem mostrou interesse em vir a fazê-lo. "O que os magoa é que o palácio continua a dizer que quer lidar com a questão em privado, enquanto continuam a ser publicadas histórias falsas que denigrem Meghan", afirmou.

Os duques de Sussex apenas queriam "que a coroa interviesse e dissesse à imprensa para parar com essas histórias falsas, imprecisas e injustas que são tingidas com o racismo", acrescentou, sublinhando que Harry e Meghan não queriam que o rescaldo da entrevista fosse dominado pelas acusações de racismo da família real.

"Ambos querem seguir em frente e querem reconcialiar-se com a família. Afinal de tudo, é a família do Harry", concluiu.