Sociedade

Detidos cinco suspeitos de lucrar 500 mil euros em burlas com MB Way

Os cinco detidos, três homens e duas mulheres, de "modo abusivo e fraudulento, desde meados do ano de 2019, acediam às contas dos lesados, mormente através da aplicação MBWAY".

A Polícia de Segurança Pública (PSP) do Porto deteve, esta quarta-feira, cinco pessoas suspeitas dos crimes de burla informática e branqueamento de capitais através da aplicação MB Way no valor de meio milhão de euros.

Em comunicado, a PSP indicia os detidos pela prática de mais de 85 crimes, "sendo que de modo abusivo e fraudulento, desde meados do ano de 2019, acediam às contas dos lesados, mormente através da aplicação MBWAY", retirando diversas quantias monetárias e causando prejuízos globais "na ordem dos 500 mil euros".

No âmbito da investigação, a PSP efetuou também esta quarta-feira, ao início da manhã, seis buscas domiciliárias nos concelhos de Vila Nova de Gaia, Porto, Maia e Penafiel, que resultaram na apreensão de nove mil euros, nove telemóveis, um computador, um tablet, drogas e vestuário.

Os cinco detidos – três homens e duas mulheres, com idades entre os 23 e os 46 anos – vão ser presentes junto das autoridades judiciárias para aplicação das medidas de coação.